Blog

O perfil do consumidor de cervejas artesanais

Em meio a mudanças abruptas e quase impensáveis, nunca foi tão importante para o segmento cervejeiro acompanhar o consumidor de cerveja e como ele está interagindo com a cerveja artesanal.

Foi pensando nisso que nós da ESCM resolvemos trazer, ainda que resumidamente, o perfil de consumo de cervejas artesanais nos Estados Unidos, com base na pesquisa Craft Beer Insights Panel, encomendada anualmente pela Brewers Association.

Em que pese as diferenças que separam a população americana e brasileira, é possível estreitar esses laços quando o assunto é preferência de consumo.

Afinal, o que chega no Brasil como novidade no mercado quase sempre chegou primeiro em terras americanas, certo?

É assim com a nova cadeia de fast food, com o jeito de se vestir, com a lista dos livros best sellers… não seria diferente no segmento de bebidas.

E se o mercado americano lidera as tendências de consumo no Brasil e no mundo, nem precisamos falar da importância de estar por dentro do cenário do mercado de artesanais nos EUA, concorda?

Então não percamos mais tempo! Acompanhe agora os principais insights da pesquisa, com base no webinar de divulgação comandado pelo economista-chefe da Brewers Association, Bart Watson.

Por dentro da mente do consumidor de cervejas artesanais

De acordo com Watson, a ideia central da pesquisa realizada com dados coletados em maio de 2021 foi trazer o cenário atual de consumo em razão da pandemia. Afinal, a COVID-19 mudou drasticamente a forma como os consumidores compravam cerveja artesanal no passado, mas será que mudou o que eles basicamente desejam beber?

Para alcançar esse intento, o estudo contou com a participação de quase 2 mil pessoas e se baseou em quatro pilares fundamentais:

  • Tendência de vendas e de consumo: o que os consumidores de cerveja artesanal estão bebendo? Por que estão bebendo mais – ou menos – artesanal?
  • Características da cerveja artesanal: quais as principais razões que levam às pessoas a escolher uma artesanal no lugar de todas as outras bebidas disponíveis no mercado?
  • Visitas às cervejarias: o que atrai o público a beber no bar da fábrica?
  • Consumo consciente: em quais escolhas “conscientes” os consumidores de artesanais estão mais interessados ​​do que antes?

A pesquisa Craft Beer Insights Panel fornece informações riquíssimas sobre o que o consumidor de cervejas artesanais está realmente pensando e dizendo, fatores que influenciam diretamente no sucesso de cervejarias artesanais pequenas e independentes. 

Nessa linha, não temos dúvida de que o resultado traz contribuições valiosas também para quem trabalha no segmento no Brasil. 

Abaixo, você encontra parte das respostas a esses questionamentos feitos aos consumidores de cervejas artesanais pela Brewers Association. Fica o nosso convite para você conferir o conteúdo completo da pesquisa junto à fonte e, claro, conferir agora o nosso apanhado, com os principais destaques desta pesquisa.  

Tendência de consumo

Muitas coisas boas foram reveladas na pesquisa. A  principal é que a demanda por cervejas artesanais continuou firme durante a pandemia, ainda que as vendas tenham sofrido queda em razão da mudança nos canais de distribuição.

A pesquisa apontou que em 2020 o número de consumidores de cervejas artesanais representavam 44% da população. Em 2019 esse número era de 43% e em 2018, 40%.

Além disso, em 2021 houve um pequeno aumento de pessoas que bebem artesanais ao menos uma vez por semana em comparação com os anos anteriores. Em 2020, 49% dos consumidores de artesanais bebiam semanalmente. Em 2021, esse número aumento 1 ponto percentual:

Fonte: Craft Beer Insights Panel 2021
Fonte: Craft Beer Insights Panel 2021

Assim, apesar de os incrementos não serem tão expressivos, não apenas o número total de consumidores de cervejas artesanais aumentou, como o percentual de consumidores semanais.

A pesquisa perguntou aos entrevistados se eles estavam bebendo menos, mais ou a mesma quantidade de cervejas artesanais que no ano anterior. Nesse aspecto, os resultados demonstraram um crescimento lento, ou seja, houve crescimento, mas menos expressivo que no passado.

Em 2019, 17% dos entrevistados disseram estar consumindo mais artesanais. Em 2021, esse número caiu para 7%.

Segundo Bart, a primeira razão para isso é o aumento de concorrência entre as bebidas alcoólicas. Consumidores de cervejas artesanais são “bebedores” que transitam entre outras categorias de bebidas com álcool. 

E é aí, segundo o economista, que está o ponto central a ser levado em conta pelas cervejarias: os consumidores não estão bebendo menos cervejas artesanais por serem mais caras ou porque estão simplesmente deixando de beber álcool. Eles estão modificando seus hábitos de consumo e variando artesanais com outras bebidas.

Segundo a pesquisa, das pessoas que consomem artesanais ao menos uma vez por semana, 94% disseram consumir também ao menos outro tipo de bebida alcoólica no mesmo período.

Dentre as categorias que mais concorrem com a cerveja artesanal estão:

  • Cerveja Caseira [Homemade] e Cervejas importadas
  • Vinhos
  • Destilados 

>> Leia também: 5 Fatos Curiosos sobre o Consumo Atual de Cerveja no Mundo

Atributos da artesanal: consumidor busca sabor, mas vai além disso

Porque as pessoas compram cervejas artesanais? Quais as principais razões que levam a escolher uma artesanal no lugar de todas as outras bebidas disponíveis no mercado?

As pessoas estão bebendo artesanais pelo seu sabor, claro, mas há uma série de outras particularidades que fazem essa escolha acontecer.

Um atributo em particular da cerveja que chama a atenção está no ABV. As pesquisas dos últimos anos mostram que houve aumento no número de pessoas que dizem que o teor alcoólico da bebida – seja alto, para quem prefere alto, ou baixo, para quem prefere assim – são importantes na hora de escolher a artesanal.

Em terceiro lugar, vê-se um aumento das pessoas que se importam também com questões que poderíamos chamar de “socialmente relevantes” relacionadas à cerveja. Aqui entram os que preferem beber local e apoiar os pequenos negócios da sua cidade.

A pesquisa aponta ainda que, quando a cerveja é local, é visível também a tendência de consumo em maior frequência. 

Quem “bebe local”, bebe mais de uma vez na semana, segundo os entrevistados. Portanto, a ideia de beber local é algo muito interessante para as cervejarias artesanais, um conceito ainda pouco evidente no Brasil. Ta aí uma oportunidade não apenas de aumentar as vendas, como de elevar o valor das marcas e de toda a categoria de artesanais.

Conhecendo o consumidor de cervejas artesanais: a venda direta na cervejaria

Especialmente importante para as pequenas cervejarias, é saber porque as pessoas visitam o bar da fábrica.

E a resposta que a BA nos traz é que as pessoas não vão às cervejarias por simplesmente ir às cervejarias, mas pela experiência que o local proporciona.

Quando perguntados porque elas iam a uma cervejaria ao invés de ir a um bar ou restaurante, as respostas que os americanos mais deram foram:

  • para experimentar;
  • para aprender;
  • para beber cerveja fresca;
  • em razão da atmosfera do lugar.

Parênteses:

Você conhece alguém que vai às cervejarias para aprender algo novo? Se você é desse universo, apostamos que sim!

Com base nessas respostas e na características demográficas dos entrevistados, Bart reuniu as 3 principais perfis de consumidores que frequentam cervejarias artesanais em:

  • pessoas que vão às cervejarias para aprender sobre cerveja, provar cervejas novas e exclusivas;
  • famílias que procuram por um local que tenha um ambiente agradável e confortável para ir com os filhos ou os pais;
  • um terceiro grupo que vai até à cervejaria com uma espécie de vista ou passeio, onde ganham pontos as cervejarias que oferecem boas harmonizações de cervejas e comida.

A pesquisa mostrou ainda que o atendimento nas cervejarias é um ponto diferencial importante comum a todos esses três públicos, o que, vamos combinar, não chega a ser nenhuma surpresa, não é mesmo? 

consumidor de cervejas artesanais
Qual sabor o consumidor de cervejas artesanais está buscando?

Sabores e consumo consciente

E quais são os principais flavors ou sabores que cresceram em importância para os consumidores americanos? 

Os atributos que emergem como mais procurados pelo consumidor de cerveja artesanal em 2021 foram, na seguinte ordem:

  • “crispy” (crocante)
  • juicy/ hazy
  • frutadas
  • escuras
  • maltadas
  • lupuladas
  • picantes
  • ácidas

O interessante é que a preferência por esses sabores varia conforme o grupo demográfico. Na pesquisa completa você consegue saber qual faixa etária de consumidor prefere que tipo de cerveja. Spoiler: enquanto cervejas frutadas são bem aceitas pelos mais jovens, pessoas acima de 55 anos preferem cervejas escuras e menos ácidas.

E quais escolhas “conscientes” os consumidores de artesanais estão mais interessados ​​do que antes?

O relatório da BA mostrou que o fiel consumidor de cervejas artesanais está cada vez mais preocupado com o que está ingerindo. 

Segundo os dados, 32% desse grupo de pessoas estão de olho em alguma característica da cerveja ligada à saúde na hora de beber.

Nesse sentido, os pontos cruciais que tem influenciado a escolha dos consumidores americanos estão baseados, entre outros, em:

  • Uso de ingredientes Locais
  • Bebida com baixas calorias
  • Cerveja orgânica
  • Cerveja Low Carb
  • Baixo teor Alcoólico
  • Glúten Free
  • Cerveja sem álcool

Todos esses atributos da cerveja têm aumentado ao longo dos anos, mostrando que o consumidor está cada vez mais consciente das suas escolhas, preocupado com a sua saúde e procurando conciliar a sua bebida preferida com um estilo de vida mais equilibrado.

E, então, você acha que há semelhanças entre os dados da pesquisa e o perfil do consumidor brasileiro de cervejas artesanais?

Mesmo não sendo um retrato do nosso público tupiniquim, as respostas podem trazer várias sacadas de branding e marketing para os nossos cervejeiros artesanais brasileiros.

> Para saber mais sobre estratégias de vendas e de negócios para cervejarias artesanais, confira os cursos da área de Gestão para Cervejarias da ESCM.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − dezoito =

contato

Logo Escola Superior de Cerveja e Malte