Cerveja, trevos e duendes verdes para comemorar o dia de São Patrício


Cerveja e Marketing, Notícias

Cerveja verde, duendes e trevos de três folhas. Estes três elementos compõem as alegorias de uma das mais tradicionais festas religiosas do mundo que é a comemoração do Dia de São Patrício ou simplesmente Saint Patrick´s Day, festejado em 17 de março na Irlanda e em muitos outros países de língua inglesa. As celebrações duram não apenas um dia, mas uma semana, e equivale ao carnaval brasileiro com desfiles de rua e, claro, em um país referência na produção mundial de cerveja, não seria uma festa popular se a bebida não estivesse presente e se destacar por receber a coloração verde típica do festival.

A origem da data mantém certo mistério, já que os historiadores não são categóricos a respeito do nascimento (387 d.C) e da morte de São Patrício (17 de março de 461). A própria história do santo também é pouco conhecida e acredita-se que seu pai e avô foram diáconos na igreja e que ele foi seqüestrado aos 16 anos e levado por piratas para o Condado de Mayo, na Irlanda. A partir de uma visão divina, São Patrício teria fugido do cativeiro e retornado à Bretanha e entrado para o monastério, seguindo na sequência para a Irlanda como bispo para evangelização dos irlandeses.

Além da Irlanda, o Dia de São Patrício também é comemorado no Reino Unido, Austrália, Estados Unidos – aliás, foi nos Estados onde começou a celebração no século XIX –, Argentina, Nova Zelândia, Japão, Singapura, Rússia e mesmo no Brasil. No entanto, nestes locais não é feriado, mas os bares e pubs costumam ficar cheios para beber em memória do Santo Patrício. A tradição manda comemorar também com trevos de três folhas, na cor verde, chamados de Shamrock, que foi usado pela Santíssima Trindade da Igreja, e com a presença de duendes ou Leprechaun, sujeitos verdes que protegem tesouros escondidos no final do arco-íris. Eis aí um bom motivo para celebrar a semana e ainda reforçar a marca da sua cerveja.

 

Texto por: Luís Augusto Zillmer Cardoso

comentários