Controle de qualidade na cervejaria pra quê?


Produção de Cerveja

O controle de qualidade na indústria alimentícia já é algo totalmente estabelecido atualmente, sendo que o consumidor certamente não procura um alimento que não tenha sido testado em relação à segurança alimentar. Quando pensamos numa cervejaria, o raciocínio deve (ou deveria) seguir a mesma linha de pensamento. Todos os parâmetros de qualidade de uma cerveja podem ser avaliados num espaço dentro da fábrica, que é o laboratório de microbiologia.

Geralmente, o uso da palavra “laboratório” lembra um local que possui equipamentos de alta complexidade, alto preço e difícil controle. Porém, para que as cervejas de uma fábrica tenham de fato a qualidade esperada é preciso desmistificar este conceito. Um laboratório simples, porém suficiente de microbiologia, pode contar com apenas um microscópio óptico, estufa, geladeira, autoclave e micro-ondas. Estes equipamentos, alinhados com uma equipe pequena já possibilitam a realização de inúmeras análises microbiológicas e também da qualidade da levedura, garantindo que cada lote produzido alcance os parâmetros de qualidade determinados pela fábrica.

A microbiologia desempenha um papel importantíssimo na cerveja, sendo a grande responsável por garantir muitas vezes as características sensoriais adequadas numa cerveja, além de envolver todo o processo realizado pelas leveduras.

Portanto, a inserção da microbiologia numa fábrica não é algo complexo, além de que o investimento necessário para a implantação deste controle da qualidade certamente reverterá em bons resultados em um curto período de tempo. Do ponto de vista do consumidor, o conhecimento de que esta fábrica utiliza-se de métodos de controle de qualidade enriquece o produto final, podendo gerar maior credibilidade junto aos clientes.

Para conhecer mais sobre o controle de qualidade em cervejarias e microbiologia da cerveja conheça os cursos:

comentários